segunda-feira, 14 de julho de 2008

Reminiscências de um sonho (acordada)

Livros, discos, quadros e roupas. Por onde eu passo, esbarro em você. Nessa madrugada, forcei meu pensamento pra te esbarrar nos meus sonhos. Mas não consegui dormir. Então, resolvi sonhar acordada mesmo. E aí, quase esbarro no limite da minha saudade ... Só que minha saudade não tem limite. Queria poder esbarrar o seu cheiro, e aí eu esbarraria uma alegria infinita. Eita verbo estranho - esbarrar! Pode ser tocar de leve ou chocar-se com algo. A mim parecem ser coisas tão diferentes! Penso em como você esbarrou no meu coração. Ai, Vinícius, né? Mas tocou só de leve mesmo. E então, insistiu um pouco, foi esbarrando, esbarrando ... com uma flor, um sorriso de querer sincero, aquela música do Tim ... Ainda pensa em ser diplomata? Lembro das palavras de um sábio homem, que só é um pouco suspeito porque tem tudo a ver com o fato de você existir: Esse menino tem um poder mágico sobre as pessoas! Não sei que dom é esse, que manha é essa. Ô jeito doce de esbarrar nos meus sonhos! Inclusive, nesse sonho acordada, esbarrei na enormidade do que a gente vai viver. Só esbarrei, quer dizer, só cheguei perto. Sei que tem muito mais. Porque, de verdade, você não só esbarrou, não. Você chegou.

3 comentários:

Anônimo disse...

Tcharan! Cheguei! Tá assim agora é. Assopra e bate??? Era só pra dar uma esbarradinha... uiuiui... e agora, kd vc pra assoprar de novo... e bater de novo...

Tem algumas coisas q eu penso muito. Em Deus (ou em como vc preferir chamar esta inominavel vida), na Manuela, em vc, e em estudar o suficiente para ser o que eu mereço e quero ser (embora este trabalho seja interessante)... o plano b é ir pra uma praia com vcs... e o plano a é sempre estar contigo!

Eu te amo!

:-D

TCPS

Iara disse...

Ser mulher é isso mesmo.
Tudo de bom!
Também te amo mas não quero causar confusão...rsrsrsr

KEL disse...

Viu só, tô sempre por aqui, admirando as melhores coisas que podemos ler...
Bjs