quarta-feira, 4 de junho de 2008

Rima perfeita

Rima pobre amor e dor
rima sem expressão
Não é porque calhou a terminação,
que essa rima tenha razão

Prefiro rimar or com er
or com ar
ou ainda, or com ir
Mas se, por acaso, eu tiver que juntar
amar e chorar
Será nos teus braços
e não será por doer

Você que me faz entender
que amar não implica sofrer
Você que me faz perceber
que rimar amor e dor
é falsa construção,
forjada armação

Amor nunca rima com dor,
nem querer com sofrer
Amor só rima com amor
E você rima comigo
em qualquer verso
em qualquer estrofe
em todas as métricas ... milimetricamente!

2 comentários:

CaraMela Amendola disse...

Oi, Lu,
uma vez vi um texto seu sobre o Pasta.
Você sabe que ele ficou doente, foi internado? Deve ter alta amanhã.
Vim aqui para pedir pra você dar uma passada na comuna dele, Admiradores do Prof. Pasta. Tem um tópico novo, que gostaria que você visse, e, principalmente, desse sua opinião.
Beijo.
Cármen. 8.6.08.

RicardoPipo disse...

Um Hai Kai procê:

meio dia
dormem ao sol
menino e melancias

Alice Ruiz